Google+ Followers

Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Um medo chamado Melasma



A palavra melasma é derivada do grego ‘melas’, que significa negro. Este distúrbio tem como característica manchas castanhas, claras ou escuras, geralmente na face. Segundo a dermatologista Paula Bellotti, trata-se de uma doença crônica, com fases de melhora e piora. “O melasma é uma condição caracterizada por manchas escuras, principalmente na face. Ocorre com maior frequência nas mulheres, mas também pode acometer os homens. Além dos fatores hormonais e da exposição solar, a tendência genética e características raciais também influenciam no surgimento do melasma”, diz.

Esta disfunção acontece por alguma descompensação no mecanismo fisiológico do melanócito, célula responsável pela produção de melanina que é uma das responsáveis pela proteção da pele contra as agressões promovidas pela radiação solar. Um dos fatores pelos quais o melasma acomete as mulheres são os hormônios femininos. Por isso, nos momentos em que a concentração de hormônios femininos no organismo aumenta, o melasma pode piorar. As manchas, que aparecem principalmente na região das maçãs do rosto, da testa e do buço, também são causadas pela exposição solar exagerada e sem proteção. O sol é um grande inimigo da nossa pele, não se proteger pode custar um preço muito maior do que o investimento em filtros todo mês.


Tratamentos

O tratamento do melasma não acontece do dia pra noite, é demorado e exige, acima de tudo, paciência. A fisioterapeuta especialista em dermato funcional e bióloga Laura Carmona, tem muita experiência quando o assunto é manchas na pele. A intensidade e extensão das manchas variam caso a caso, mas de acordo com ela, com um tratamento adequado e rigoroso, as manchas podem ser amenizadas. “Semanalmente, recebo casos de mulheres acometidas por melasma e, a maioria delas, quando explico que o tratamento é longo, que será necessário ter paciência e disciplina, acaba desistindo. Aquelas que ficam, geralmente já passaram por inúmeros tratamentos estéticos (principalmente peelings profundos, lasers e hidroquinona) sem obter sucesso ou tiveram o chamado ‘efeito rebote’ após procedimentos. Ou seja, obtiveram melhora inicial e após algum tempo a mancha retornou ainda pior”.

Na visão da especialista, o primeiro passo para o tratamento é compreender que uma pele acometida pelo melasma é uma pele em desequilíbrio. “E antes de qualquer intervenção com agentes clareadores e agressores, há uma enorme necessidade em devolver saúde para este tecido, possibilitando que as células trabalhem em harmonia”, afirma.

As experiências de Carmona mostraram que não existe uma receita mágica para tratar o melasma, como também não existe um tratamento melhor do que o outro. O importante é avaliar cada cliente de maneira global, compreendendo suas deficiências e hábitos de vida. “Algumas técnicas têm se mostrado muito eficazes para a reestruturação da pele. Costumo dizer que existem cinco pilares básicos para o sucesso de um tratamento de hipercromia: 1. Usar filtros solares com alta proteção UVA e UVB (de preferência os fotoestáveis); 2. Hidratação; 3. Nutrição; 4. Fortalecimento do Sistema Imunológico; 5. Estímulo na síntese de substâncias (principalmente colágeno e elastina). Então, qualquer tratamento que envolva esses cinco pilares é muito bem vindo para compor um plano eficaz no combate às hipercromias em geral”, salienta.

Para a dermatologista carioca Paula Bellotti, certos tipos de peelings podem ajudar. “Peelings superficiais e peelings a laser aceleram o processo, facilitando a penetração dos despigmentantes e ajudando a remover o pigmento das camadas superiores da pele”.

Para Carmona, é a combinação de técnicas que traz um resultado efetivo. “Inicialmente, utilizar ativos antioxidantes (preferencialmente os lipossomados e nanossomados), com ajuda da eletroporação que facilita a permeação em até 400 vezes ou a própria ionização, LEDS (vermelho e infravermelho, principalmente), drenagem linfática manual para estimular o sistema linfático e melhorar a circulação, microcorrentes que promovem a revitalização cutânea, dentre muitos outros. Ao constatar que o tecido já está reestruturado, podemos começar o uso de agentes inibidores da tirosinase, como o ácido fítico, kójico e elágico, sempre respeitando a limitação de profundidade permitida a cada profissional”, avalia.


Saiba como a produção de pigmento melanina acontece

A melanogênese (síntese de melanina) é realizada por células especializadas, localizadas na camada basal da epiderme que são chamadas de melanócitos. Os melanócitos produzem pequenas vesículas chamadas de melanossomas, que são encarregadas de produzir, armazenar e secretar a melanina para os queratinócitos.

Ao ser estimulado pela radiação solar ou por outros fatores intrínsecos e/ou extrínsecos, o melanócito começa a cascata bioquímica da melanogênese no interior dos melanossomos. Primeiro, ocorre a transformação de tirosina em DOPA, mediada pela enzima tirosinase. Esta mesma enzima transforma a DOPA em DOPAquinona. Então, duas vias diferentes são iniciadas, a via de formação das feomelaninas (melanina amarela e vermelha) e das eumelaninas (melanina marrom e preta). A melanina desempenha um importante papel na proteção do núcleo celular dos queratinócitos, funcionando como um escudo contra os danos causados pela radiação.


Entenda porque existe a dificuldade de eliminarmos as regiões escurecidas da pele

Porque os melanócitos são células dotadas de memória e são muito sensíveis aos estímulos tanto internos, como externos. Uma vez que se tornam hiper-reativos, começam a sua produção exacerbada de melanina. Aí está a grande questão, a grande dificuldade. Não há como reverter completamente um quadro de melasma sem restabelecer o equilíbrio dos melanócitos afetados. Estudos demonstram que estes melanócitos são maiores, possuem dendritos mais proeminentes e uma quantidade maior de melanossomos. Usar somente um agente inibidor da tirosinase não é solução eficaz para acabar com o problema, pois ao mínimo estímulo, a produção de melanina em excesso será reativada. Ao estudar as características de um tecido afetado por melasma, fica claro que o principal fator para o sucesso do tratamento é sinalizar para os melanócitos que podem “relaxar” e cessar a sua produção exacerbada de melanina.




FONTE: Revista Negócio Estética



quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Biomedicina - Campo de Atuação na Estética


Campo de Atuação na Estética


Em 22 de fevereiro de 2011 foi publicada a Resolução da Biomedicina Estética, a nova habilitação biomédica.
O projeto inicial como podem ver abaixo foi para conscientizar a classe sobre a capacidade do Biomédico em atuar na Saúde Estética.
Este projeto foi apresentado na Plenária do CFBM pela Dra. Ana Carolina Puga, em Recife-PE, em 10 de outubro de 2010, sendo votado e aprovado por unanimidade pelos membros do CFBM e CRBMs.
O nosso projeto da “Biomedicina Estética” teve como objetivo a conscientização da classe sobre a possibilidade da inserção dos biomédicos no exercício de procedimentos estéticos de todas as naturezas, exceto cirúrgicos, bem como a sua inclusão neste mercado de trabalho em expansão. A atuação do biomédico na estética é uma realiadade que, sob a comprovação científica dos métodos e técnicas utilizados, desenvolve e aplica os tratamentos para as disfunções dermato-fisiológicas corporais, faciais e envelhecimento fisiológico relacionados à derme e seus anexos, tecido adiposo e metabolismo. A Biomedicina Estética cuida da saúde, bem-estar e beleza do paciente, levando os melhores recursos da saúde relacionados ao seu amplo conhecimento para o tratamento e recuperação dos tecidos e do organismo como um todo.
O biomédico possui um preciso entendimento das características da derme, seus anexos, demais tecidos e inclusive o metabolismo, ou seja, todo o funcionamento dermato-fisiológico, possibilitando a realização de terapias que promovem uma melhor qualidade de vida ao paciente. O biomédico saiu de trás da bancada em busca do consultório, partindo todo o seu conhecimento generalista, humanista, crítico e reflexivo, exercendo de forma profissional pesquisando e tratando disfunções físicas e energéticas, sem deixar de lado o rigor científico e ético.
Agora temos mais uma área terapêutica para atuação biomédica e vejam a seguir alguns dos procedimentos e campo de atuação do profissional Biomédico Esteta.

Procedimentos e Direitos que o biomédico já pode exercer na Biomedicina Estética:

  • Laserterapia;
  • Carboxiterapia;
  • Intradermoterapia;
  • Radiofreqüência estética;
  • Ultrasom focalizado – HIFU;
  • Luz Intensa Pulsada e LED;
  • Laser Fracionado;
  • Procedimentos Invasivos não Cirurgicos;
  • Avaliação Estética;
  • Anamnese corporal e facial;
  • Classificação da pele – dermatoscópio;
  • Classificação da Síndrome de Desarmonia Corporal;
  • Definição do Tratamento
    a ser realizado;
  • Definir estratégia de tratamento;
  • Registro de foto;
  • Análise das disfunções estéticas (dermato-fisiológicas);
  • Evolução do paciente;
  • Treinamentos técnicos;
  • Responsável Técnico de Empresa que Executam Atividades para fins
    Estéticos.
    Responsabilidade Técnica de Empresa que Executam Atividades para fins Estéticos;
  • Supervisão do tratamento;
  • Acompanhamento do paciente durante o tratamento;
  • Formar um raciocínio dinâmico, rápido e preciso na solução de problemas de disfunções dermato-fisiológicas dentro da Biomedicina Estética;

Maiores Informacões: Capacitação do Biomédico Esteta – SBBME

Conquistamos o direito de atuar na acupuntura com terapêutica e o mesmo obtivemos para a especialização aplicada à saúde estética!

Na biomedicina estética, como biomédicos, podemos:

  • Atuar de maneira diferenciada dos demais profissionais da saúde e da beleza, respeitando os espaços de atuação multiprofissional, o código de ética, órgãos governamentais e as Leis em vigor;
  • Desenvolver pesquisas e trabalhos em Biomedicina aplicados à estética e suas tecnologias e procedimentos;
  • Abrir ao biomédico, novos e maiores campos no mercado de trabalho;
  • Atuar como profissionais liberais em consultórios, clínicas especializadas e todas as demais empresas relacionadas à indústria do bem-estar e saúde;
  • Estudar e lecionar em cursos de graduação e pós-graduação na biomedicina estética.

Diferencial do Biomédico na Estética:

  • Entendimento e domínio completo dos recursos tecnológicos e entre outros.


Especialidade em Estética:
Ainda, o biomédico especializado, proporciona uma abordagem terapêutica direcionada à forma precisa de tratamento, potencializando e garantindo melhores e efetivos resultados sem causar riscos à saúde, objetivando bem-estar e melhora da qualidade de vida do paciente.

Fonte: http://biomedicinaestetica.bmd.br/
Dra. Ana Carolina Puga – CRBM: 5589
Presidente da Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética – SBBMEacpuga@biomedicinaestetica.bmd.br

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Como lidar com cliente que compara preço do seu serviço de estética?

Como lidar com cliente que compara preço do seu serviço de estética?


Como lidar com a cliente que compara o preço com o de outra clínica… mesmo você oferecendo o melhor e tratando muito bem esse cliente.
Eu vou te dar uma indicação que é um livro que se chama “O seu cliente pode pagar mais”, é um livro muito bom, muito bacana, mas resumindo toda a questão é o que o cliente não conhece você, ele não conhece o concorrente, qual o comparativo que ele tem é o preço. Esse cobra R$ 20,00, aquele cobra R$ 40,00, esse outro cobra R$ 80,00, e esse cobra R$ 120,00.
cliente comparar preço serviço de clinica de estética
Ele sempre vai comparar o preço. O que você tem que fazer? você tem que mostrar o seu valor para ele. O cliente tem uma objeção: Será que o serviço é bom? Quando você comunica de uma forma eficaz, você leva vantagem frente aos seus concorrentes. Para isso, você tem que saber quais são seus pontos fortes,quais são suas qualidades, quais são os seus diferenciais e comunicar isso ao cliente, seja em folders, faixas, nas mídias sociais como facebook, instagram, no youtube fazendo vídeos, na conversa cara a cara etc.

Você sabe quais são seus pontos fortes? quais são seus diferenciais? já colocou no papel? as pessoas sabem quais são seus pontos fortes seus diferencias, você comunica isso?
Porque quando você não comunica a única coisa que a pessoa vê é o preço e ela acha que é uma comodities, que é a mesma coisa, que tanto faz ela tratar na clínica A ou clínica B. E não é a mesma coisa, todos nós sabemos que não é a mesma coisa. Mas para o cliente entender essa diferença,  você tem que comunicar tudo isso. Você precisa ter paciência com o cliente na hora de explicar a ele porque o seu é mais caro que o do vizinho.
Quando eu estou vendendo uma xícara, por exemplo é diferente. A xícara é igual, o João vende por 10 e o Marquinhos vende 15. Eu compro do João a mesma xícara mesma qualidade igualzinho mesmo fabricante, a  mesma especificação é o mesmo produto sai da mesma forma, estou falando de um produto igual exatamente igual da mesma marca.
Agora serviço é diferente um serviço de 50 reais pode ser muito mais caro que um serviço de 120 reais, porque a pessoa foi lá perdeu o tempo e perdeu 50 reais se o serviço não foi bem feito. Ai ela vai lá e gasta 120 reais em outra clinica de estética tem um resultado maravilhoso, fica feliz, contente, satisfeita. Qual saiu mais caro?
É só você pensar no cabelo por exemplo, paga 50 reais no cabelo e ele corta seu cabelo errado ou pinta errado. Você vai querer ter feito com um cara que cobraria 500 reais, vai  até ficar barato 500 reais, pois o estrago já foi feito.
O problema  é que na estética você não vai conseguir ter esta comparação como a de um cabelo mal cortado. O cliente de uma clinica de estética não consegue enxergar tanta diferença e não consegue enxergar muito a qualidade do serviço, se a drenagem foi bem feita ou mal feita por exemplo, mas ela consegue enxergar muita outras coisas, desde que você comunique isso a ela.
Ela pode enxergar que você tem produto registrado no ministério da saúde, que você usa descartáveis, que na sua clinica de estética tem biossegurança, que você tem limpeza, que você usa os melhores cosméticos, que você tem resultado comprovados, e tem cliente que falam destes resultados comprovados que dão depoimentos a favor do seu serviço e profissionalismo e que você usa estes depoimentos para comunicar o seu valor, criando prova social.l
Assim, as pessoas tem mais confiança, e podem até pagar mais caro pelo seu serviço, já que você atende muito bem e por atender muito bem, ela tem mais confiança e aceita pagar mais. Tudo isso faz a diferença na hora da pessoa escolher, não é só o preço, o preço só faz a diferença quando você não sabe comunicar o seu valor.
Essa foi mais uma pergunta feita em minha aula on-line: Como transformar o atendimento excelente em uma máquina poderosa de atrair novos clientes, uma palestra de 2 horas que se você quiser assistir é bem fácil acesse: bit.ly/aula-atendimento e saiba como
Lembre-se que empreender é poder

Cristiano dos Santos

Empreendedorismo na Estética – Empreender é poder

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

1° Encontro Brasileiro Multidisciplinar de Eletroestética Avançada HTM - “Meeting HTM”


Prezado Cliente,

De 19 a 21/3/16, durante a Feira Estética in SP (Palácio das Convenções do Anhembi/SP) a HTM estará realizando o 1° Encontro Brasileiro Multidisciplinar de Eletroestética Avançada HTM, o chamado “Meeting HTM”!

Trata-se de um evento dentro da programação da feira, onde estarão se apresentando grandes profissionais do mercado.

A HTM é a única empresa do segmento a dispor no evento de um auditório próprio para até 160 pessoas durante os três dias!!!

Maiores informações no anexo e inscrições diretamente no site: http://esteticainsaopaulo.com.br/eisp2016/evento-paralelo-htm/

Evento Gratuito e com Certificado!

Obs.: para que todos os interessados possam participar, cada pessoa pode se inscrever em uma palestra por dia.


Loja de aparelhos HTM: www.diprofisio.com.br 

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Vibria: a evolução dos tratamentos de redução de medidas e celulite

Sandra Maria de Freitas (À direita), esteticista e diretora da Clínica Maison Sandrá

Sandra Maria de Freitas, esteticista e diretora da Clínica de Estética Facial e Corporal Maison Sandrá, nossa consultora, nos explicou tudo sobre o revolucionário tratamento com o equipamento Vibria para redução de medidas e celulite.

O que é Víbria, Sandra?
“Vibria é um equipamento que combina os 2 principais mecanismos para os tratamentos estéticos: Ultrassom de Alta Potência (54 W) e Correntes Terapêuticas. A exclusiva tecnologia 3D permite a emissão do ultrassom e da estimulação com até 7 tipos de correntes terapêuticas, simultaneamente.
Além dos tratamentos combinados, o Vibria oferece todos os seus recursos de forma individual, para complementar  os tratamentos e maximizar os resultados”.

O que é a tecnologia  Floating Head?
Segundo Sandra, “O aplicador do Vibria possui a tecnologia exclusiva FLOATING HEAD. São emissores de ultrassom dinâmicos que flutuam pela superfície aplicada promovendo um acoplamento perfeito. E, em conjunto com a tecnologia 3D, que promove o estímulo dinâmico das correntes terapêuticas, o Vibria promove conforto na aplicação e eficácia total dos resultados”.



O que   sentimos  durante o tratamento? É indolor?
O tratamento é totalmente indolor. A Terapia Combinada do Vibria promove uma leve sensação de aquecimento, ocasionada pelo ultrassom e podem ocorrer uma sutil sensação de “formigamento” causada pelas correntes terapêuticas.

Como o Vibria funciona?
A Terapia Combinada oferecida pelo Vibria é o diferencial nesse tratamento. A associação da massagem profunda do ultrassom com a estimulação elétrica aumenta a introdução de princípios ativos específicos para eliminação da gordura localizada (redução de medidas) e celulite. Além disso, a micromassagem e o aquecimento profundo, causados pela alta potência ultrassônica do Vibria, promove uma aceleração do metabolismo celular, melhorando a maleabilidade dos tecidos e a quebra dos nódulos fibróticos da celulite e somado aos efeitos das correntes excitomotoras sobre o sistema muscular e linfático, resulta no fortalecimento muscular e na eliminação da celulite.

Qual a duração de cada sessão?
Em média as sessões têm duração de 40 minutos a 1 hora, dependendo do procedimento escolhido pelo profissional, já que o Vibria é uma plataforma completa de tratamento.

Quantas sessões são necessárias?
“Recomendamos a realização de 8 a 10 sessões, mas esse número pode variar conforme o quadro clínico e a evolução de cada paciente”, esclarece  Sandra Maria de Freitas.

O Vibria possui mais indicações? Quais?
O Vibria é um arsenal de recursos e destacamos suas principais funções: redução de medidas (gordura localizada), celulite em todos os graus, pós-operatórios, hidrolipoclasia ultrassônica, flacidez muscular, retenção hidrica, entre outros.



Fonte: blogdadudi.com.br

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Me formei em Estética, e agora?


Um dos questionamentos que mais recebo  é esse: "me formei em estética, e agora? Trabalho como funcionário ou como autônomo? "

A resposta é muito simples: depende de você ! A melhor opção é a que satisfaz o interessado.

Não, não é brincadeira. Decidir isso vai depender de vários fatores que vou expor a você como alguns questionamentos:

1- Como recém formado você se sente seguro em realizar todos os procedimentos que aprendeu sem receios?
 
Caso a resposta seja negativa o ideal seria optar por cursos específicos para um maior aperfeiçoamento. Ser esteticista é isso mesmo, um constante aprendizado e não é vergonha alguma admitir ter dúvida ou receio de algo, o que não pode é deixar de pesquisar/estudar/sanar a dúvida.
Se a resposta for positiva, pode trabalhar com ambas as opções.

2- Você tem capital (ou meios de conseguir um ) para investir em materiais e equipamentos?
 
Se a resposta for negativa, talvez o ideal seja trabalhar por um tempo como funcionária para guardar um dinheiro para montar seu capital, ou ir comprando os materiais/equipamentos aos poucos.
Se a resposta for positiva, vá em frente! Acredite no seu trabalho e de que você é capaz! Pesquise muito antes de comprar qualquer coisa, pesquise o mercado onde vai atuar (discutiremos isso num post futuro, pois essa pesquisa é bem específica, ok?). Procure o SEBRAE da sua região para obter um auxilio. 

3- Qual sua disponibilidade de horário?
 
Se você não tem uma disponibilidade integral de tempo, como por exemplo: na parte da manhã tem afazeres, como cuidar da sua família, talvez trabalhar como autônomo te dê um horário de trabalho mais flexível, afinal, você faz seu horário.
Porém, algumas empresas contratam esteticistas em período integral e outras meio período. Se seu horário for flexível, ok. Caso não seja, é interessante procurar um contrato no período que você tem disponível. 

4- Qual sua pretensão salarial?
 
Essa é uma área meio relativa, vou me basear em minha experiência pessoal e relato de colegas esteticistas: trabalhar como autônomo gera maior renda.
Dificilmente encontramos empresas que fornecem uma remuneração superior ao que poderíamos receber trabalhando sozinho.
Mas isso também não quer dizer que, apenas abrindo um estabelecimento, vamos ganhar o que pretendemos. Isso vai depender de trabalho bem feito, empenho e muitos outros fatores. 

5- Você procura rápida estabilidade?
 
Trabalhando como funcionário você pode ou não receber vários benefícios: férias, 13º, vale transporte, além de uma valor de salário fixo (algumas empresas oferecem esses benefícios, mas não são todas).
No início, trabalhar como autônomo pode ser muito instável. Alguns meses você recebe mais, outros recebe menos. Férias só são tiradas se vocês fizer um bom planejamento, e benefícios como previdência social só são disponibilizadas se você estiver em dia com o pagamento do DAS ( Documento de Arrecadação Simples ).
  
6- Você é disciplinado/organizado? 
 
Ambas opções necessitam de disciplina e organização. Como funcionário você deve ter a disciplina do horário de chegada/saída, tempo de atendimento exato, e a organização tanto do local onde trabalha, como a financeira para fazer o uso consciente do seu salário.
Como autônoma(o) você deve ter a disciplina de horários, com a limpeza/organização do seu espaço, organização das contas e documentos da empresa e a organização financeira dobrada!

7- Você depende de localização? 
 
Muitas vezes não conseguimos uma oferta de emprego próxima de onde moramos, e se você não pode se deslocar por longas distâncias, pode ser que a flexibilidade de trabalhar por conta própria, mais próximo de casa, seja o ideal.

8- Você é uma pessoa econômica?
 
Todos nós deveríamos ser econômicos. Financeiramente falando, isso é uma virtude. Uma virtude que, para ser seu próprio chefe, é essencial! 
Pela instabilidade financeira que a categoria autônomo oferece, temos sempre que nos resguardar de alguma maneira. Não sair gastando mais do que se deve, não entrar em dívidas e compras parceladas por longo período. Todo gasto deve ser planejado e muito bem calculado, para não ter imprevistos. 
Já como empregado o valor do salário no final do mês é fixo, o que não trás surpresas com as faturas de cartão, contas e compras ( a não ser que você seja um comprador compulsivo, é claro ). O salário dá essa segurança e poder de compra, dependendo de um planejamento mais simples e menos dispendioso. 

9- Você tem perfil carismático e criativo?
 
Como empregado o carisma é muito importante, desde a contratação, até na hora dos atendimentos para cativar os pacientes. Isso muitas vezes pode garantir melhor desempenho na empresa . 
Como autônomo você depende mais do carisma, pois através dele você vai cativar seus pacientes, vai vender seu trabalho/produtos home care. A criatividade é necessária para saber lidar com adversidades que surgem no dia a dia, para trabalhar o marketing do seu empreendimento e trazer novas propostas de procedimentos e inovações para seu espaço.

10- Qual das opções você se desenvolveria melhor como profissional?
 
Pense primeiro em todos os questionamentos que apresentei aqui. Pois bem, agora,  analise o seu perfil pessoal e profissional. Em qual dessas opções você acredita que conseguiria desenvolver seu lado profissional melhor? Suas características pessoais se encaixam em qual delas?

Devemos lembrar sempre que nada precisa ser eterno. As circunstâncias mudam muito. Hoje você pode ter condições e o perfil de ser o empregado, amanhã o de autônomo, e vice e versa. Se seu perfil vai de encontro com o de funcionário mas a sua vontade é de ser autônomo, siga primeiro suas condições. Não adianta tentar antecipar as coisas e se comprometer financeiramente, por exemplo.

Se seu perfil é de autônomo, mas você quer trabalhar como funcionário, nada te impede, contanto que você consiga desenvolver seu profissional e alcançar sua realização. 

Escolher a melhor opção para se trabalhar não é focar apenas no dinheiro, mas também na sua felicidade. Você seria feliz realizando sua profissão em quais circunstâncias? 

Você quer? Então você pode ! Basta acreditar e trabalhar nisso !



Fonte: www.isismafra.com